08/11/2017

O sol irá sempre brilhar outra vez


Você está prestes a cair, na beira do precipício, pensando em quanto tempo vai demorar para que essa sua dor vá embora. O mundo parece que parou e os seus olhos estão fixos na paisagem do horizonte, mas você não vê. Você olha para o além, mas não enxerga nada além da sua própria dor. A sua consciência canta levemente uma música sem fim. Você não compreende a letra, mas aprecia a melodia. A música continua tocando e só você ouve, buscando ainda apreciar a paisagem do horizonte, mas você nada vê de olhos fechados. O seu corpo parece levitar diante da brisa que toca o seu rosto, você sente o calor do sol e a brisa fresca, mesmo sabendo que o frio lá fora é intenso. O seu coração está aquecido, mas a sua mente está fria. A melodia busca te aquecer, mas você já não sabe mais quanto tempo vai suportar. Você acredita que não há mais soluções e deixa a dor tomar conta de você por completo. A dor te invade, te faz querer gritar e você grita, mas em silêncio. Você quer correr para longe até suas pernas cansarem, mas você não consegue dar um passo. O seu coração está acelerado e você quer que tudo isso passe logo. Então, você abre os olhos e sente o calor do sol. Olha para o horizonte, desta vez enxergando as flores que acabaram de florescer. As nuvens fazem você apreciar o sol e você se lembra que todos os dias ele vai estar ali para te aquecer, mesmo nos dias mais frios. A brisa te toca levemente relembrando o toque de quem te ama e então as lágrimas escorrem como uma cachoeira sem fim, e a música volta a tocar levemente. Desta vez, a melodia te completa e você compreende a canção, que diz que você deve continuar, que tudo isso vai passar e que você precisa continuar. O seu coração está quente e você abre os olhos e o coração e faz com que a esperança floresça outra vez. Você deixa a beira do precipício sem olhar para trás, com o coração um pouco apertado, mas com a mente liberta. E você vai viver, mais uma vez, buscando o sol que te aquece e a brisa que te acalma, vivendo sempre um dia após o outro e não se esquecendo nunca de que o sol irá sempre brilhar outra vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, selecione a opção NOME/URL caso não queira que o seu comentário fique anônimo.

Todos os comentários aguardam por aprovação, assim posso responder e ler todos eles. Volte sempre e muito obrigada por estar comentando!