Os velhos amigos


A vida se encarrega de nos trazer novos amigos todos os dias. Existem amigos para sempre e para hoje. Amigos que conversamos todos os dias, amigos de uma conversa só, todos amigos. Gosto de me lembrar dos amigos velhos. Aqueles amigos que conheci quando ainda nem me importava com o comprimento ou cor dos meus cabelos. Amigos de risadas. Os amigos que não se importavam com o seu trabalho ou com a sua conta bancária. Amigos verdadeiros. Os amigos que compartilhavam segredos absurdamente bobos. Amigos da infância. E com o tempo, esses amigos não eram mais amigos; eram pessoas que passavam por mim como estranhos. Os segredos foram esquecidos, as risadas foram caladas, a infância ficou para trás. Amigos novos o tempo todo, todo o tempo. Amigos para o dia e para a noite. Amigos que compartilham dos mesmo interesses, mas não dos mesmos sentimentos. Alguns amigos irmãos, alguns amigos apenas amigos. Amigos colegas. Independentemente, são todos amigos. Amigos são pessoas que nos ajudam a escalar esta grande montanha chamada vida. Nos seguram quando estamos escorregando, nos dão água quando estamos com sede. Esses são os amigos de verdade, o resto é resto. Amigos de verdade possuem um mesmo coração. Possuem um mesmo sentimento. Sentimento de união, em qualquer ocasião. Amigos de verdade vão te acolher, te ajudar, te fazer rir. Amigos, por mais que o tempo passe rápido, nunca irão se esquecer de você. Mesmo distantes, vão guardar no coração cada palavra trocada, cada sorriso, cada gesto, cada dia de amizade. Amigos vem e vão, até mesmo os verdadeiros. Amigos são amigos e o resto, como eu já disse; é somente o resto. 

Comentários

Postagens mais visitadas

"Linda do jeito que é, da cabeça aos pés..." (Tiago Iorc) 🌷