07/11/2017

Resenha: "Quem é você, Alasca?"

"Como sairemos deste labirinto de sofrimento?" (John Green)


“Quem é você, Alasca?” foi o meu livro favorito de toda vida. Uma leitura descontraída e leve, ao mesmo tempo emocionante e cheia de aventuras. Só mesmo John Green para me fazer chorar com seus romances dramáticos. Alasca é uma garota cheia de atitude que não possui medo do amanhã, gosta de aventuras e é apaixonante. Miles é um garoto tímido que busca viver a vida em busca de um grande talvez. Colecionador de últimas palavras e cheio de expectativas com sua vida nova em um novo colégio. Coronel, o garoto quase popular e respeitado entre os colegas, acaba se tornando colega de quarto de Miles e mais do que só um colega, se torna o seu melhor amigo. 


O livro é sensacional. O autor consegue reunir mundos diferentes através de uma amizade verdadeira e indestrutível. Miles, é nerd e cheio de medos, mas com uma vontade de viver a vida imensa. O Coronel é um garoto cheio de experiências, aproveita todos os segundos da vida sem medo do amanhã, e Alasca é uma garota cheio de medos, mas que não permite que vejam isso através dela, sendo assim uma garota apaixonante, corajosa e uma grande amiga. "Pensamos que somos invencíveis porque realmente somos." 


Uma leitura que eu recomendo para qualquer idade, principalmente para quem está passando por este labirinto de sofrimento e não sabe como sair dele. Nos últimos dias, eu estava triste e pensando que nada tinha solução, um sentimento de estar perdida dentro de um labirinto sem fim, e a leitura deste livro me abriu a mente e me fez ver as coisas por um outro lado. Somos tão egoístas ao ponto de pensarmos somente em nossos sentimentos e querermos sair sozinhos do labirinto, mas esquecemos que existem outras pessoas perdidas também, tão infelizes quanto nós, e juntos podemos nos livrar deste sentimento e encontrar um caminho. Alasca quis resolver da pior forma essa sua prisão no labirinto, mas os sentimentos de Miles e do Coronel mostram como as coisas poderiam ser diferentes.


Eu diria que Alasca é uma garota cheia de atitude e coragem, que infelizmente sofria por um erro que não era dela. O sentimento mais comum que vejo nas pessoas, e o mais difícil de se lidar: a culpa. Nos culpamos o tempo todo, entramos neste labirinto e ficamos perdidos, sem saber como sair deste sentimento de culpa. O problema é que a culpa pode nos levar a tristeza sem fim. Alasca era apaixonada pela vida, mas não gostava de viver, ou não achava que deveria viver, talvez pensasse que não merecia uma vida. O amor de seus amigos fazia com que ela se sentisse melhor, mas ainda faltava alguma coisa. Com este livro, percebi que sempre irá faltar algo, mas quem deve ir em busca do que nos falta somos nós. Se faltar amor, ame. Se faltar alegria, sorria.

E vocês, já se sentiram neste labirinto? Já leram "Quem é você, Alasca?" do autor John Green? Gostaram da resenha? Eu espero que sim! Gosto de resenhas com sentimento e tentei mostrar tudo que senti lendo este livro e confesso, foi o melhor livro que já li em toda minha vida. 

10 comentários:

  1. Oii, comprei esse livro também, só falta esse do John Green para ler, chega semana que vem, adorei a sua resenha!!
    Ah, a partir de hoje vai rolar um sorteio no meu blog do livro Amy e Matthew, dá uma passadinha lá: www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, tenho certeza que vai adorar a leitura! ♥

      Excluir
  2. Camila Sander Brodafevereiro 18, 2015

    Esse livro é sensacional! É o meu favorito dele!! Nos faz chorar por sentirmos que todos passamos por esse labirinto durante a vida. As vezes tudo parece sem solução, sem saída, mas a vida nos mostra sempre que tudo tem uma saída, as vezes, por meio de um livro! Sensacional, John Green sempre me surpreende!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Camila! Através de um livro percebemos o quanto somos grandes. Amo, minha leitura favorita!

      Excluir
  3. Larissa, eu tive um caso de amor e ódio com esse livro. Eu amei tanto quanto detestei. Mas se você me pedir agora uma opinião do livro eu te digo, é perfeito, leia. Se eu sou bipolar? Eu acho que os livros me deixam um pouco assim, sabe? haha
    Amei sua resenha <3
    Se quiser ler a minha, é meio antiga, mas está aqui - http://devaneiosdalila.blogspot.com.br/2014/11/resenha-quem-e-voce-alasca.html
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente isso, um caso de amor e ódio... É tão triste, mas ao mesmo tempo tão lindo! ♥
      Claro, vou ler sim! Que bom que gostou, fico muito feliz. Adorei escrever esta resenha.
      Mil beeeeijos!

      Excluir
  4. Esse livro... é tuuudo.. Chorei -->
    "Uma leitura que eu recomendo para qualquer idade, principalmente para quem está passando por este labirinto de sofrimento e não sabe como sair dele. Nos últimos dias, eu estava triste e pensando que nada tinha solução, um sentimento de estar perdida dentro de um labirinto sem fim, e a leitura deste livro me abriu a mente e me fez ver as coisas por um outro lado. Somos tão egoístas ao ponto de pensarmos somente em nossos sentimentos e querermos sair sozinhos do labirinto, mas esquecemos que existem outras pessoas perdidas também, tão infelizes quanto nós, e juntos podemos nos livrar deste sentimento e encontrar um caminho. Alasca quis resolver da pior forma essa sua prisão no labirinto, mas os sentimentos de Miles e do Coronel mostram como as coisas poderiam ser diferentes."
    Estou passando por momentos muito complicados, realmente perdida num labirinto (dentro da minha cabeça).
    Beijos.
    http://escritoradramatica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que as coisas se resolvam logo, Escritora. Se precisar de algo pode me enviar um e-mail, vou ficar feliz em conversar com você. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Um grande beijo, melhoras! ♥

      Excluir
  5. E que venha o filme! <3

    ResponderExcluir
  6. Ainda não comprei o livro mas agora to numa vontade muito grande de comprar

    ResponderExcluir

Por favor, selecione a opção NOME/URL caso não queira que o seu comentário fique anônimo.

Todos os comentários aguardam por aprovação, assim posso responder e ler todos eles. Volte sempre e muito obrigada por estar comentando!