Quando a saudade aperta, a gente sempre volta


É inevitável. Não é de hoje que a gente só aprende a dar valor quando perdemos, não é mesmo? Senti isso nos últimos meses. Na verdade, eu não perdi, mas senti muita falta. O blog sempre foi minha maior inspiração, minha base para quando eu me sentisse sozinha, e nestes últimos meses me senti sem ter para onde correr, mesmo que ele estivesse aqui o tempo todo. Precisava me encontrar, encontrar um verdadeiro motivo para continuar escrevendo aqui na internet. Com o passar do tempo, o blog se tornou muito mais do que uma simples página onde eu compartilhava os meus textos melosos, e eu senti medo de continuar, medo de não estar indo pelo caminho certo. Mas, o verdadeiro motivo que encontrei é que amo escrever, sempre amei e sempre vou amar. Amo compartilhar cada conquista, cada sonho e deixar tudo isso eternizado para sempre aqui na internet, aqui com vocês. Senti falta de sentar e abrir o notebook, escrever, pensar em novos posts. Sempre disse que não importa se tenho um ou mil leitores lendo e acessando o blog, a essência é fazer isso por amor, por paixão, por inspiração. E eu percebi que isso eu tenho de sobra aqui dentro de mim. E quando a saudade aperta, a gente sempre volta. Por isso, eu voltei. Tenho em mente uma nova fase para o Escritora de Gaveta, onde sua essência seja sempre a inspiração e o amor. Comecei o blog por querer compartilhar com alguém tudo que tinha guardado dentro de mim e dentro de minhas gavetas, e agora eu tenho esta oportunidade. Obrigada, vida. Obrigada, tempo. Obrigada por me mostrarem tudo que realmente importa e me faz feliz de verdade. 

Dicas para uma boa leitura sempre e em qualquer lugar

Muita gente me pergunta como eu faço para ler livros já que o meu dia é sempre muito corrido, pois trabalho e tenho que cuidar das coisas do blog. Confesso que não é fácil, mas se a gente se programar dá pra ler todos os livros que quisermos durante o ano. Pensando nisso, eu elaborei algumas boas dicas para uma boa leitura em qualquer lugar, e como organizar melhor nosso tempo para essa leitura. 

Foto da Melina de Souza, blog A Series Of a Serendipity.
♥ 1 - Procure ler em um horário que você vá aproveitar bem o seu livro.

É isso mesmo. Cada pessoa possui um horário no dia onde o seu aproveito das coisas é melhor. Por exemplo, eu gosto de escrever durante a noite e minhas leituras eu também faço nesse horário. Conheço pessoas que gostam de ler durante o horário de almoço ou pela manhã, já no meu caso, durante a manhã sou péssima para me concentrar em qualquer coisa, pois fico pensando nos meus afazeres durante o dia e fico preocupada com muitas coisas. Prefiro ler e escrever durante a noite, pois já acabei todas as minhas tarefas e fico mais concentrada na leitura. Por isso, escolha um horário onde o seu aproveito da leitura será o maior possível, assim você consegue ler várias páginas em um período curto de tempo. 

♥ 2 - Escolha uma leitura que você goste. 

Isso é meio que óbvio, né? Ler livros que a gente não gosta é péssimo. Primeiro que a gente não se concentra e acaba lendo mil vezes a mesma página, segundo que lemos e depois não nos lembramos de nada. Escolher uma leitura que seja agradável é o primeiro passo. Eu procuro escolher livros de romance e aventuras, que me fazem sonhar e transformar um dia ruim em muita imaginação. 

Foto da Melina de Souza, blog A Series Of a Serendipity.
♥ 3 - Leia livros de fácil interpretação ou livros menores, de contos ou crônicas. 

Se você é uma pessoa que não curte muito leitura, procure ler livros curtos com histórias de fácil interpretação, assim sua vontade de ler só irá aumentar. Não adianta nada você tentar se aproximar da leitura com um livro cheio de palavras difíceis e longos diálogos monótomos, sua vontade de ler irá diminuir ainda mais. Para se aproximar da leitura, busque livros que fazem sua imaginação voar alto, Existem vários tipos de livros, romances, investigativos, drama, ação, aventura... Procure um livro que você se identifique com o tema. 

♥ 4 - Ouça uma boa música para acompanhar. 

Eu não gosto de ler ouvindo música, isso me atrapalha bastante. Tenho uma certa dificuldade para prestar atenção nas coisas, inclusive se houver várias coisas acontecendo ao meu redor. Porém, conheço pessoas que gostam de ler ouvindo música e isso até ajuda na concentração para elas. Comece ler e veja se você se concentra mais com música ou sem. Claro, procure uma música que combine com sua leitura, acredito eu que se você estiver lendo um romance e estiver ouvindo rock não irá ser uma boa combinação. 

♥ 5 - Faça anotações se achar necessário, para se lembrar da história e dos seus sentimentos com essa leitura. 

Quando estou lendo livros investigativos, gosto de anotar algumas coisas. No momento da pressa, não vamos ficar anotando nada, né? Mas se você estiver em um bom horário, anote seus sentimentos lendo aquele livro ou algumas ideias que forem surgindo com a leitura. Eu tenho várias ideias de posts quando estou lendo e sempre procuro anotar para não esquecer depois. Tente isso também. 

E é isso. Gostaram das dicas, amorecos? Realmente não é fácil conciliar todos os nossos afazeres, mas uma boa leitura nos faz ficar mais calmos com toda energia gasta durante o dia. Ler é relaxar, melhora nossa imaginação e nos faz muito bem. Já começou ler este ano? Quais livros já leu ou está lendo? Me conta! Até o próximo post, beijinhos. 

5 coisas que eu não gosto na blogosfera atual


Muitos blogs estão surgindo neste mundo atual das blogosfera, alguns muito bons e outros ainda precisando melhorar algumas coisinhas. Cada pessoa encontra um jeito de se expressar e escrever na internet, mas precisamos nos atentar em uma coisa muito importante: a imagem do nosso blog diante das outras pessoas. Pensando nisso, separei 5 coisas que eu particularmente não gosto na blogosfera atual. Claro, ainda estou aprendendo e vivendo diariamente neste mundo, mas gostaria de compartilhar com vocês essas opiniões para que juntos a gente melhore sempre o nosso espaço aqui na internet.  

♥ SPAM NAS CAIXAS DE MENSAGENS, COMENTÁRIOS E REDES SOCIAIS

"Troca divulgação?" "Faz parceria?" "Seguindo, segue de volta?"
Isso é péssimo. Nunca faça isso, de verdade. Divulgar o seu blog é natural, mas não queira impor visualizações. Utilize suas redes sociais para divulgar o seu blog de forma natural e com certeza, quem se interessar vai visualizar. Crie uma página para os fãs no Facebook e utilize ela para divulgar os seus posts, convide os seus amigos para curtir, mas não lote a caixa de mensagens com spam, não vá aos comentários divulgar o seu post e muito menos publicar na linha do tempo de alguém citando uma publicação sua. Ao invés disso, troque comentários. Visite outros blogs e comente (comente de verdade, com a sua opinião sobre o post) e deixe o seu link caso a pessoa queira visitar. É natural, se for interessante as pessoas irão visualizar. 

♥ LAYOUTS CARREGADOS E COM MUITA INFORMAÇÃO

Tome cuidado com a imagem do seu blog em questão ao layout e as informações. Não deixe o seu blog muito carregado, pois isso cansa o leitor. Utilize letras em um tamanho bom para facilitar a leitura e seja breve em seu assunto. Não utilize muitas imagens e deixe-as todas com um tamanho padrão, para facilitar ainda mais a leitura do conteúdo. 

♥ CRIEI UM BLOG E AGORA SOU UMA CELEBRIDADE

Hoje temos várias blogueiras bem sucedidas por aí, que espalham a felicidade de como é tornar o blog uma profissão e muitas delas são sim, consideradas celebridades; mas calma... Não é tão fácil assim! Todas essas blogueiras bem sucedidas e que hoje trabalham e ganham dinheiro com o blog, estão trabalhando nisso há muito tempo e nem sempre foi assim. O blog tornou-se um trabalho de forma natural na vida dessas garotas e por isso, deu tão certo. Se eu tenho uma dica especial, aqui vai: se você ama mesmo blogar, não vai se importar com o sucesso, isso virá de forma natural, desde que você faça tudo com amor. 

♥ ERROS DE PORTUGUÊS 

Vejo inúmeros blogs por aí com muitos erros de português, e isso é péssimo. Imagine você lendo uma revista ou um jornal cheio de erros de português? Seria no mínimo muito ruim. Com o blog não deve ser diferente, pois é um meio de comunicação como todos os outros e mesmo que você esteja escrevendo de forma informal, tome cuidado com as palavras e procure corrigir o seu texto antes de publicar.

♥ NADA SE CRIA, TUDO SE COPIA 

Isso é uma mentira muito grande, pode acreditar. Criamos sim, e quem quer criar um blog deve ter isso em mente. Não copie outros blogs, não copie conteúdos de outros blogs, isso vai prejudicar muito a sua imagem e as pessoas não terão interesse em ler o seu conteúdo (além disso, plágio é crime!). Vejo muuuuuuuitos blogs por aí com praticamente o mesmo conteúdo, escrevendo da mesma forma que uma determinada blogueira escreve. Se quer estar na internet e fazer a diferença, seja você! Escreva de uma forma que seja sua, fale sobre os assuntos de uma forma sua e tenha o SEU espaço na internet, totalmente com a sua cara.

São dicas simples, mas muito essenciais para quem quer começar um blog ou quem já está nesse mundo blogueiro. Agora me conte, quais situações e "coisas" você não gosta nos blogs atuais? Espero ter ajudado vocês e não se esqueçam de comentar deixando sugestões. Beijo e até o próximo post! ;)

Entre o medo e o amor, eu escolho o amor

Tenho medo, mas tenho amor e o meu amor é maior do que todas as coisas ruins que já escrevi. 


Tenho tanto medo que você me deixe e essa história acabe tendo um ponto final enquanto deveria apenas estar começando com uma letra maiúscula o nosso "era uma vez". Tenho tanto medo da vida me tirar os sonhos que tenho guardado aqui dentro do meu coração e que ainda não te contei. Tenho tanto medo de não sorrir ao seu lado com a nossa piada sem graça que só a gente entende. Tenho tanto medo de me ver sozinha, imaginando como seria bom estar com você. O medo é nosso pior inimigo quando o assunto é o amor. O medo nos priva, nos faz fracos e vulneráveis. O medo faz com que esqueçamos do quão longe já fomos. Tenho tanto medo de sentir o meu coração vazio outra vez. Tenho tando medo de um dia esquecer como é amar, como é sorrir com o canto da boca no meio de uma conversa séria, como é te abraçar depois de um dia inteiro de trabalho. Tenho tanto medo de você me esquecer. Tenho medo de me inundar de tristeza no meio da noite e esquecer das coisas boas que já vivi. Tenho medo, mas tenho amor e o meu amor é maior do que todas as coisas ruins que já escrevi. Tenho medo, mas tenho fé. Tenho fé na vida e tenho fé no amor. E quando acreditamos no amor, nada mais importa e ele se transforma. Se transforma em algo maior do que poderíamos imaginar. Entre o medo e o amor, eu escolho o amor. E sempre escolherei amar. 

Dia de Ler em Lençóis Paulista "Cidade do Livro"


Eu gostaria de começar este post mais uma vez agradecendo por tantas oportunidades incríveis que surgem na minha vida, e uma delas foi realizada na última semana, ou melhor, no primeiro dia do mês de Outubro. Não haveria forma melhor de começar o meu mês. 


Fui convidada pela Diretoria de Cultura de Lençóis Paulista (fiz um post explicando tudo com detalhes) para participar do Dia de Ler. O Dia de Ler foi um dia único e especial dedicado ao incentivo a leitura e a escrita e foram desenvolvidas várias atividades com crianças e adolescentes em busca desse incentivo. Minha parte nas atividades do Dia de Ler era estar em duas bibliotecas ramais e falar um pouco sobre o blog e sobre a minha paixão pela escrita e pela leitura. Foi incrível!


Durante a parte da manhã estive na Biblioteca Ramal do Júlio Ferrari e desenvolvi uma atividade de leitura com as crianças de 3 à 5 anos e foi muuuuuuuuuuito incrível! Eu nunca havia lido e conversado com crianças tão pequenas, hahahaha, foi maravilhoso. Li algumas histórias e conversamos sobre elas, fazendo com que as crianças tivessem interesse em continuar lendo e ouvindo essas histórias. Além disso, as crianças que fizessem uma leitura em voz alta para todos ganharia um livro da geladeira literária, e muitas delas participaram. 


E no período da tarde estive na Biblioteca Ramal da Cecap com os alunos da escola Vera Braga. Foi muito incrível também! Fiz novas amizades e conversamos muito sobre blogs, livros, séries e muuuuuuuuuuitos assuntos legais. Só preciso agradecer por todo carinho e atenção que esses alunos me deram e por estarem presentes. Muito obrigada! Além disso, foi um prazer enorme compartilhar um pouco disso tudo que vivo e aprendo diariamente e compartilhar um pouco da minha paixão por esse mundo literário. 


Obrigada! Adoro estar com vocês e conversar muuuuuuuuuuito, hahahaha, espero que consiga encontrar todos vocês novamente. E você, gosta de leitura? Qual livro está lendo no momento? Você conversa com os seus amigos sobre livros? Conta aqui nos comentários. Um beijo enorme e até o próximo post! ♥

Dicas para você se inspirar, alegrar e sair da rotina

Chega uma hora que a gente cansa da mesma rotina. Acordar, ir para escola ou trabalhar, ficar em casa sem fazer absolutamente nada, internet, seriados... A vida rotineira. Mas, quem disse que é necessário ser assim? ​Para começar com o pé direito esse mês de Setembro, vou compartilhar com vocês algumas dicas de como mudar sua rotina e se sentir bem sem muito esforço. Largue esse mouse e tire a mão do rosto. Vamos lá?


 Dica 1: Acorde mais cedo e organize suas coisas.

Se você é daqueles que acorda faltando cinco minutos para o horário de entrar na escola ou no trabalho, comece acordando mais cedo. Você vai se sentir melhor por não ter que pensar em várias coisas ao mesmo tempo, como em qual roupa vai vestir, as coisas que ainda falta você pegar, se vai chegar atrasado ou não e se está esquecendo alguma coisa. Com mais tempo, você pode organizar suas coisas, seus pensamentos e começar o dia de uma forma muito mais saudável. Ainda pode investir naquele bom café da manhã com frutas que você nunca pode comer por falta de tempo. Procure deixar suas coisas organizadas no dia anterior, assim você não esquece nada e não se preocupa tanto.
 Dica 2: Mude o caminho que você faz para chegar ao seu destino.

Todo dia as mesmas árvores, os mesmos prédios, casas e etc. Você passa tão rápido que nem percebe por onde está indo. Acordando mais cedo, você pode mudar seu caminho e assim conhecer novos lugares. Aproveite e observe bem tudo que está ao seu redor, olhe para o céu, para as árvores e para as pessoas. Você vai se sentir mais incluso no mundo e pode até ter alguma inspiração para um trabalho novo. (Se você mora em lugares bem movimentados como São Paulo ou outras capitais, aproveite o fim da tarde para uma caminhada no parque, assim você também poderá fazer essas observações).
 Dica 3: Caminhe, cante, dance. Movimente-se!

Chame uns amigos e vão caminhar, leve seu cachorro se você tiver um. A falta de tempo não é justificativa. Se você não gosta de caminhar, cante e dance. Cantar no chuveiro é ótimo para colocar para fora toda a raiva do dia-a-dia e preocupações. Dance no seu quarto e ouça aquela música que você gosta tanto. Aproveitar cinco minutos do seu dia não vai fazer mal. Pegue esses cinco minutos e ouça música, cante e faça algo que te deixe em movimento. Parece bobagem né? Mas não é. Essas são formas de aliviar o corpo de todo nervosismo e tensão.


 Dica 4: Lembre-se de velhos e bons tempos.

Sempre existe uma foto, uma música ou até mesmo um vídeo para lembrar uma época, dia ou data especial. Veja essas fotos antigas e lembre-se de tudo que fazia você sorrir naquela época. Algumas pessoas não gostam de lembrar coisas passadas focando somente no futuro, mas no passado sempre há alguma coisa que fazia você sorrir. Até mesmo algumas lembranças ruins são boas, você pode perceber o quanto cresceu e aprendeu e ainda perceber quais coisas que faltam para você mudar. Lembre-se de metas que você fez e que ainda não estão feitas, e se ainda lhe for do agrado, corra atrás e faça acontecer!
 Dica número 5: Vá viajar ou vá sair com os amigos.

Férias são feitas para sair da rotina. Aproveite suas férias e vá viajar. Não precisa ir para o outro lado do mundo. Vá para um lugar que você sabe que vai te fazer bem. (No meu caso, não gosto muito de praias, mas eu sei que um lugar como este vai me fazer bem por estar em contato com a natureza, e eu adoro!). Se está sem grana para viajar, chame seus amigos ou namorado para um programa diferente. Façam um piquenique, vão caminhar no parque, comer algo diferente, fotografar ou para uma balada se fizerem o tipo baladeiros (só não vale beber muito e não aguentar ir trabalhar no outro dia!). Também pode chamar os amigos em casa ou o namorado para um filminho, com direito a pipoca ou fondue.​

 Dica número 6: Faça uma prévia no seu pensamento de tudo que deseja fazer no dia.

Comece o dia pensando no que você vai fazer e como eu disse na primeira dica, organize suas coisas e seus pensamentos. Se não possui uma boa memória, anote. Não somente coisas do trabalho ou da escola, mas anote coisas pessoais também, como chamar uma amiga para almoçar com você, ouvir determinada música, assistir um programa, mandar um recado para alguém, etc. Pense em como você pode mudar sua alimentação ou alguma outra coisa naquele dia. Faça algo diferente para você ou até mesmo te presenteie com algo que deseja faz tempo e não teve tempo de comprar ou dinheiro. Organização é a palavra chave para uma vida saudável!


Espero ter ajudado. Lembre-se que ninguém te conhece melhor do que você mesmo, então procure coisas que você sabe que vão lhe fazer bem e aproveite! Gostaram das dicas? Querem mais? Comentem! Vou ficar muito feliz com a opinião de vocês. Até o próximo post e um dia lindo para vocês!

Um dia de fotos na Biblioteca Municipal Orígenes Lessa


Já fazia muito tempo que eu estava louca para fotografar na biblioteca aqui da minha cidade e até que este dia tão esperado chegou. Consegui conciliar os meus horários com os horários do Vitor Cesar, que também é aqui da minha cidade e ama fotografia. 


É claro que as minhas primeiras fotos profissionais para o blog precisavam ser em um lugar que falasse muito sobre mim e que combinasse comigo e com o blog, por isso não poderia ser em outro lugar, nossa querida biblioteca era o cantinho perfeito para realizar mais este sonho. 


Eu sou apaixonada por livros e foi por causa do amor pela leitura e pela escrita que o Escritora de Gaveta surgiu. Essa biblioteca marcou minha vida de uma forma incrível, pois muitos dos meus textos foram escritos ali, sozinha no cantinho da mesa. Muitas histórias eu imaginei lendo e visitando este lugar maravilhoso, por isso é um dos meus lugares favoritos aqui em Lençóis Paulista. 


Prometi que iria gravar um tour completo pela BMOL e eu vou mesmo, podem esperar, só falta eu me organizar para conseguir gravar tudo para vocês. Nós fizemos muuuuuuuuuuitas fotos, mas vou compartilhando com vocês aos poucos entre um post e outro, combinado? Eu adorei! As fotos ficaram maravilhosas e mais uma vez consegui superar uma certa timidez que existe dentro de mim, hahahaha. Obrigada ao Vitor que me ajudou e apoiou neste projeto. Espero que tenham gostado tanto quanto eu gostei. Beijos e até o próximo post! 

Pratique o seu inglês sem sair de casa

Desde pequena sempre gostei muito de estudar inglês, talvez pelo fato de ter uma mãe que ama a cultura americana. Minha mãe sempre me mostrou músicas internacionais, e fez com que eu me apaixonasse por Bon Jovi e Madonna desde cedo. O inglês é um dos idiomas que mais me encanta e sempre procurei aprender mais e tentar me comunicar. Comecei fazer aulas particulares alguns anos atrás, mas sempre procurei sozinha algumas maneiras de praticar e aperfeiçoar o idioma. Agora vou compartilhar com vocês algumas das melhores formas que tenho de estudar inglês em casa e fazer com que sempre eu tenha contato com o idioma. Vamos lá?

♥ Ouça músicas internacionais e cante-as;

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Isso é muito importante, muito mesmo. A gente acaba cumprindo com este item sem perceber, mas cantando tudo errado, né? O legal é você escolher uma música internacional e ir cantando ela junto com a letra, seguindo mesmo e prestando atenção em todas as palavras, sons e forma como o cantor interpreta a canção. A audição é importantíssima na hora de aprender o inglês e eu pratico muito com as minhas músicas favoritas. Neste site, o Lyrics Trainning, você pode ir cantando junto com a legenda e ainda brincar um pouco com as músicas, é super legal. Ouça bastante!

♥ Leia livros em inglês;

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Ler é muito importante, claro. Procure livros ilustrados, mas que tenham textos em inglês e sem saber da tradução procure ler e entender o que está escrito. Eu geralmente pego alguns textos na internet e tento traduzir sozinha, caso eu não consiga eu abro uma aba do google tradutor e traduzo apenas algumas palavras para ir se encaixando no texto. Leia muito e tente pensar em inglês. Aprendi isso na minha escola de inglês: Pense em inglês, fale em inglês.

♥ Assista séries e filmes com e sem legenda;

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Isso é muito bom para quem procura aprender inglês mais rápido, principalmente para treinar a audição. Eu costumo assistir muitas séries com áudio em inglês e legendas em português, aí quando eu termino de assistir e ainda tenho tempo, assisto novamente, mas desta vez sem legenda. Faça isso e garanto que sua audição irá melhorar muito. E o mais legal é que você aprende novas palavras, aumenta o seu vocabulário e fica atento aos sotaques.

♥ Jogue e pratique sua audição; 

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Jogar também é muito bom, além de diversão você vai estar atento aos áudios em inglês e acabar traduzindo mentalmente. Novamente, pense em inglês e fale em inglês. Uma dica muito importante é fazer com que o inglês faça parte da sua rotina, sejam em jogos, livros, filmes, séries... Fazer com que você tenha contato com o inglês pelo menos duas vezes ao dia.

♥ Pratique sua conversação através de bate-papos;

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Conversar com pessoas que também estudam inglês é o máximo, pois ninguém vai rir de ninguém e você pode se sentir muito mais a vontade falando com alguém que também está aprendendo. Treine, converse, tente, mas não fique com vergonha de falar em inglês. Abuse! Tente também conversar com pessoas que moram no exterior e possuem contato diário com o idioma, peça ajuda e treine um pouco da sua conversação, tenho certeza que algumas pessoas ficaram felizes em falar com vocês.

♥ Estude fora da escola ou do curso;

Foto: Melina de Souza, blog A Series of a Serendipity.
Estudar é essencial, não é minha gente? Não existe possibilidade de você aprender um idioma, seja qual for, sem estudar. É necessário muito estudo, muito treino e muita prática. Você precisa pegar meia hora do seu dia e estudar uma lição. Mesmo que você não esteja matriculado em nenhum curso de inglês, na internet existem vários materiais gratuitos para você estudar e até vídeo aulas muito legais no Youtube. Separe um tempinho do seu dia e assista aulas na internet, leia e faça exercícios de inglês, vai ajudar muito.

Qual sua melhor forma de estudar inglês em casa? Eu aprendi muita coisa estudando sozinha e fazendo tudo que citei aqui nos itens deste post, espero que tenha ajudado vocês. ♥